Esse blog foi criado para divulgar o trabalho do Canto Cidadão, Organização Não Governamental (ONG), da qual a Drª Risadinha Risolina é voluntária. Nesta página você lerá textos que expressam as experiências que tenho vivido.



sábado, 14 de junho de 2008

Literatura da vida


Descobrimos uma professora de literatura que ama Manuel Bandeira e mais ainda Carlos Drummond.
Fiquei hipnotizada por essa pessoa. Em minutos fiz inúmeras perguntas sobre sua vida. A ponto do Dr. Caboclinho dar um toque de que era necessário visitar outros amigos. Ela se emocionou ao falar que o ex marido que não via há quase uma década viera lhe visitar no hospital.
Professora quase aposentada e cansada do grande desinteresse dos alunos falava de suas ‘andanças’ na educação. Pedi que recitasse suas poesias prediletas. Fiquei refletindo ali mesmo como era a vida dela antes da doença. Percebi também que as enfermeiras ficaram impressionadas com tamanha bagagem cultural. Na correria diária para cuidar de todos fica difícil conhecer a história de cada um.
Drª Risadinha: - Cássia...seus alunos não fazem idéia de que quanta coisa deixaram de aprender com você.

Todos os relatos são baseados em fatos reais, porém, os nomes dos personagens são fictícios para preservar sua identidade.

2 comentários:

Taty disse...

Esse texto me fez lembrar o conto do Diogo....sempre tem uma professora maravilhosa que cruza o nosso caminho....alguns não reconhecem o valor....outros se lembram pra sempre

Mayara disse...

Doutora,
Muito legal o seu texto sobre a professora. Concordo com você. Muitas vezes não damos valor as pessoas que estão próximas.
beijos.